Zombooka 2

Depois de me deliciar com o Flaming Zombooka 1, chegou o Zombook 2.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Medo.Com

A internet e seus podres profundos. Todos nós sabemos que coisas ruins existem em qualquer lugar. No esporte, no mundo empresarial, na polícia e em qualquer espaço da terra que esteja habitado por humanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Você Sabia?

Nicole Kidman é Dra. Carol Bennel, psiquiatra em Washington, que luta para salvar a vida de seu filho ao descobrir uma invasão de um vírus alienígena.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Atriz brasileira é sucesso em filme americano

A brasileira Fernanda Andrade está despontando nos cinemas americanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

3 de jan de 2012

Zombie Research Society

Fundada em 2007, a Zombie Research Society é um grupo bem humorado que tem como objetivo divulgar o assunto zumbi dentro das Artes e Ciências.  O grupo tem  até um conselho consultivo, liderado por ninguém menos que George Romero. A Zombie Research Society trabalha com três princípios básicos:



1- Um zumbi é um ser biologicamente definível
2- A pandemia de zumbis está chegando. Não é uma questão de se, mas uma questão de quando.
3- Debater o assunto zumbi é essencial para a sobrevivência da raça humana.

Eles elaboraram uma lista, segundo os mesmos, baseada em dados demográficos, indicando lugares onde o apocalipse zumbi não seria tão perigoso. O Brasil não constava na lista, o terceiro lugar era dos Estados Unidos unicamente pela noção de cidadania de sua população que os faria lutar contra os zumbis, mas ele é um dos países com maior densidade demográfica de todos e um alto grau de urbanização. Veja a lista completa:

10. Suécia - por ter uma população pequena e um terreno montanhoso e acidentado, além de uma força militar expressiva, o país se torna um bom lugar para viver longe de zumbis.

9. Argentina - los hermanos estão em uma faixa territorial de difícil acesso, pois de um lado tem a Cordilheira dos Andes e do outro o Oceano Atlântico. O único problema é o alto grau de urbanização de suas cidades, o correto é ir para o campo.

8. Finlândia - não é nem o país em si, mas ele está rodeado por países com boas chances de sobrevivência, além de ter uma baixa densidade demográfica.

7. Noruega - a população está bem acostumada aos rigores do clima em um terreno acidentado e de baixa densidade demográfica.

6. Bolívia - o terreno bastante montanhoso deste país e a economia em crise afastam as pessoas que emigram em massa, reduzindo sua população.

5. Cazaquistão - novamente um terreno bem acidentado, clima favorável e baixa densidade demográfica, aliada às fontes de gás e petróleo.

4. Rússia - baixa densidade populacional na Sibéria e em sua porção oriental, a Rússia tem um passado de tentativas de conquistas mal sucedidas - veja os nazistas - justamente por suas características climáticas e de terreno.

3. Brasil - devido ao nosso passado colonial, toda a faixa litorânea é densamente povoada e ocupada. No entanto, o centro-oeste e a região norte continuam com uma densidade demográfica mais baixa e pode ser um bom lugar para migrar. Afinal, para se ter muitos zumbis, são necessárias muitas pessoas.

2. Canadá - o grosso de seus habitantes está situado na fronteira sul do país, junto aos Estados Unidos. Mesmo com o restante do país dentro do Círculo Polar Ártico, ele possui áreas pouco urbanizadas e os habitantes costumam ter posse de arma, o que é muito vantajoso num apocalipse zumbi.

1. Austrália - com apenas 7,5 pessoas por km2, este seria o melhor país para sobreviver a um apocalipse zumbi. Por ser uma ilha, isso também dificulta a chegada de mais gente ou de zumbis, possuindo amplas áreas abertas, inclusive com regiões desérticas, o que favorece à mais rápida deterioração dos zumbis. 

Visite a página no Facebook do grupo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...