Zombooka 2

Depois de me deliciar com o Flaming Zombooka 1, chegou o Zombook 2.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Medo.Com

A internet e seus podres profundos. Todos nós sabemos que coisas ruins existem em qualquer lugar. No esporte, no mundo empresarial, na polícia e em qualquer espaço da terra que esteja habitado por humanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Você Sabia?

Nicole Kidman é Dra. Carol Bennel, psiquiatra em Washington, que luta para salvar a vida de seu filho ao descobrir uma invasão de um vírus alienígena.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Atriz brasileira é sucesso em filme americano

A brasileira Fernanda Andrade está despontando nos cinemas americanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

21 de mar de 2011

Doce Vingança



Doce Vingança ( I Spit On Your Grave -2011)
Diretor: Steven R. Monroe
Sinopse:Uma jovem escritora busca um lugar calmo e tranquilo para desenvolver sua nova história. Ao encontrar o local perfeito, é surpreendida por três habitantes da cidade, que a estupram violentamente, provocando humilhação e dor. Resta a escritora vingança
Distribuidora no Brasil: Paris Filmes
Trailer Oficial: Doce Vingança - Legendado
Site Oficial: I Spit On Your Grave

Doce Vingança é uma refilmagem de A Vingança de Jennifer, de 1978 (Clique Aqui e leia a crítica do Diário do Medo). Era grande a expectativa pelo remake, pois o original é de uma violência extrema. A pergunta é: Será os produtores iriam cagar nas calças ou produzir um remake a altura do original? 

Sim, a julgar pelas mortes dos caipiras a refilmagem não deixou a desejar. Inclusive, a classificação indicativa para 18 anos foi muito bem escolhida. Acontece que filmes com violência excessiva o cinema está lotado. Faltou algo a mais em Doce Vingança. O roteiro é falho ao não trazer o espectador para dentro da história. Ficou parecendo que a ideia do diretor era que não importava nada, apenas que a vingança fosse cruel e sangrenta. 

No original, há todo um contexto de envolvimento entre os assassinos e a vítima, uma tortura psicológica muito maior. Você não fica indignado apenas quando os atos cruéis são praticados e sim a todo tempo em que Jennifer é aporrinhada pelos caipiras. E o personagem do menino retardado foi muito pouco explorado. Mesmo com sua deficiência mental, no filme original o personagem tem mais envolvimento com a história, diferente da refilmagem, onde ele se mistura ao bando, quase se tornando um deles. 

Na produção de 1978, há todo um roteiro para a exploração sexual e humilhação. É impossível a quem assiste não se envolver e lamentar com as crueldades sofridas por Jennifer. As cenas são duramente terríveis e não há quem não torça por um final muito dolorido para os criminosos. 

Faltou isso em Doce Vingança, um roteiro mais envolvente e não apenas um monte de mortes sangrentas. Há quem diga que o estupro em si já é impactante, mas estamos falando de uma refilmagem, portanto era de se esperar algo tão violento como o original. O diretor Steven Monroe peca ao não trabalhar o sadismo da forma correta, voyeur, e sim apenas uma história comum repleta de violência sem um contexto emocional. Sara Butler também não ajuda. 

É gostosinha, bonitinha, mas fraquíssima, longe da atuação de gala de Camile Keaton. Em 1978, o diretor não tinha grandes quantias de grana e nem recursos técnicos, mesmo assim somos envolvidos com um roteiro de uma forma totalmente diferente da produção atual.  No filme de 1978 não temos, na vingança da protagonista, tanta violência e armadilhas alá Jogos Mortais como no remake.  As cenas de violência do original estão na medida certa, tanto é o sucesso que o filme fez. 

Talvez a produção da refilmagem quisesse acrescentar o que poderia ter faltado no original.  Sim, o que PODERIA, mas não faltou. Isso mostra como nem sempre encher o filme de violência gratuita faz do mesmo uma grande produção. Mais uma vez, infelizmente, é uma refilmagem dispensável! Ao sair do cinema, vi a maioria as pessoas fazendo comentários do tipo: Meu Deus / Terrível / Violento demais / Impressionante. Ah, como me deu vontade de dizer: Isso foi porque vocês não assistiram o original!!!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...