Zombooka 2

Depois de me deliciar com o Flaming Zombooka 1, chegou o Zombook 2.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Medo.Com

A internet e seus podres profundos. Todos nós sabemos que coisas ruins existem em qualquer lugar. No esporte, no mundo empresarial, na polícia e em qualquer espaço da terra que esteja habitado por humanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Você Sabia?

Nicole Kidman é Dra. Carol Bennel, psiquiatra em Washington, que luta para salvar a vida de seu filho ao descobrir uma invasão de um vírus alienígena.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Atriz brasileira é sucesso em filme americano

A brasileira Fernanda Andrade está despontando nos cinemas americanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

6 de jan de 2011

A Nomenclatura do Terror


Para que um produto venda é necessário que ele seja de alguma forma útil. Ter um nome para sua identificação faz parte do processo. Inclusive, o nome do produto é importantíssimo para o sucesso do mesmo. Pensa em você lançando uma grife de roupas chamada Adolf Hitler?  Ou uma campanha contra as guerras batizada de  Movimento George Bush? E que tal uma camisinha de nome DST? Dentro do marketing, existe até uma definição para negócios envolvendo os nomes, chamado Naming Rights

Na música, por exemplo, temos diversos tipos musicais separados por categorias, tais como Hard Rock, Happy Rock, DeathMetal, Emocore, New Metal, Samba Rock e por aí vai. Muitas vezes tais nomenclaturas são totalmente dispensáveis, em outros são necessários para uma classificação inteligente de gêneros, facilitando a identificação posteriormente. Veja na química. Há a necessidade de separar os gases nobres dos metais, os corantes dos pigmentos, as substâncias simples das compostas e dezenas de outros. 

Dentro do universo terror também temos várias definições dentro do próprio terror, as chamadas subcategorias, que vocês irão aprender agora.

SUSPENSE/TERROR
 
De acordo com a 6º versão atualizada do Aurélio, Suspense é um substantivo masculino, sentimento de apreensão, parte de um filme, obra literária ou qualquer tipo de ação que crie expectativa sobre seu desfecho. Antigamente, era apenas um recurso de narrativa, mas com o passar do tempo, milhares de histórias passaram a se sustentar, do início ao fim, baseado neste recurso - provocar a apreensão de quem estava interessado. 

Assim surgiu a necessidade de criar e catalogar filmes com a classificação Suspense. Resumindo, Suspense é quando o espectador sabe o que vai acontecer, mas o personagem não. Contudo, quando falamos em saber o que irá acontecer não estamos dizendo sobre a consequência em si e sim sobre a situação. Um bom exemplo para ilustrar: Imagine uma mulher caminhando em um parque. Ela está tranquila, ouvindo música no seu MP3 Player, caminhando normalmente. Sem que ela perceba, surge um maníaco observando seus movimentos. 

Aos poucos, o criminoso vai se aproximando. Você, o espectador, sabe o que está acontecendo, mas a personagem não. Existe a expectativa da consequência em quem está assistindo. Após alguns minutos, a mulher consegue perceber a situação e passa a fugir do maníaco, que corre insistentemente atrás dela. Neste caso o que era um SUSPENSE, virou um TERROR, pois já temos conhecimento total da situação. O terror significa algo que é terrível, estado de pavor, pessoa ou algo que amedronta. Partindo deste significado, não é errado concluir que o suspense também é um terror. 

Afinal, o suspense também amedronta, nos deixa apavorados com a situação. Particularmente, acho errado dividir o filme entre SUSPENSE ou TERROR, uma vez que seus significados se confundem dependendo da situação. Há algum tempo li em um site, que no momento não me lembro qual, dizendo que terror era quando tinha uma criatura sobrenatural (Fantasmas, espíritos, monstros ou assassinatos com muito sangue) e suspense era algo menos sangrento ou inverossímil. 

Um roteiro mais trabalhado em cima do desconhecido, do mistério. Por fim, continuo com a opinião de que a separação é confusa e carece de conceitos mais amplos.

GORE

Filmes Gore são produções onde há um exagero visual dos fatos, como escatologia intensa, mutilação exagerada, sangue em excesso, etc. Esse subgênero dentro do universo terror é sempre muito questionado e criticado, muitas vezes injustamente, pois nem sempre podemos avaliar e criticar uma produção observando apenas o visual, mesmo porque os filmes Gore tem essa característica. Pode ser conhecido também como Trash ou Filme B.


SNUFF

Snuff é um gênero do terror que mostra a morte verdadeira, sem truques ou efeitos.  Pode ser encontrado também com o nome de Shockumentary. A maioria das produções são ruins, pois não há como prever a morte e a captura de tais fatos foram feitas com recursos amadores. Outra característica de um snuff é o interesse em lucrar com os vídeos. 

Um grande filme Snuff conhecido no mundo inteiro é o Faces da Morte (Faces of The Dead - 1978), do diretor Jonh Alan Schwarts. Com 105 minutos de duração, proibição em mais de 40 países e muito mistério sobre sua produção, Faces da Morte virou Cult dentro do  mundo cinematográfico. Vários críticos de cinema afirmam que a maioria das cenas é pura montagem, outros dizem que a grande parte da produção são cenas reais. 

De fato, tem muita coisa real por lá, como cenas da Ditadura Hitler, suicídios  e acidentes automobilísticos verdadeiros, captados por emissoras de TV ou cinegrafistas amadores. Mas a verdade é que Faces da Morte não pode ser considerado verdadeiro. Assista uma entrevista com um dos criadores do filme, Conan Le Cilaire. Depois do sucesso, diversas produções chegaram as locadoras, cada uma pior do que a outra, como o célebre Canibal Holocausto e o terrível  Orozco - El Embalsamador, que você pode assistir o trailer clicando aqui

Com o avanço da tecnologia, o número de vídeos falsos, produzidos por profissionais, tem aumentado bastante na internet, como este aqui, por exemplo, tornando cada vez mais difícil classificar produções como Snuff ou montagem. Vale lembrar que na época em que os Snuff Movies surgiram, assistir filmes era só no cinema ou nas locadoras e filmadora não era barato. Daí surgiam os boatos de que as mortes eram realmente reais. Outro grande sucesso Snuff é a série Guinea Pig, produzida entre 1983 e 1990. Ao todo são 7 filmes com o máximo que um snuff pode fazer

Uma observação interessante sobre a série Guinea Pig foi que o ator americano Charlie Sheen assistiu ao segundo filme - Flor de Carne e Sangue - e denunciou para o FBI, achando se tratar de um filme real. Depois da investigação do FBI, os efeitos especiais do filme foram explicados em um documentário de 1986, chamado Making Of Guinea Pig. Quem se interessar, basta procurar na rede e encontrará as produções para download.

SEXPLOITATION

Sexploitation significa exploração do sexo e é um subgênero do Exploitation. Filmes como As Meninas Crepúsculo (1961) e A Filha do Sol (1962) foram os pioneiros do gênero. As produções são caracterizadas com muita violência sexual: Estupros e sexo com alta dose de violência. Entende-se como filmes Exploitation, produções cujo investimento é bem baixo, sem nenhum tipo de roteiro mais estudado, com o intuito apenas de promover o assunto em questão, na maioria das vezes sexo ou violência. 

Mas também temos muitos filmes explorando outros assuntos como o Blaxploitation - exploração dos negros, Carsploitation - exploração de carros, entre outros. O mais famoso de todos eles é Cannibal Holocaust, do diretor Ruggero Deodato.

E vocês, mortos-vivos do Diário do Medo, conhecem outros tipos? Deixe sua opinião nos comentários!

Um comentário:

Anônimo disse...

que merda de blog o pior que eu ja vi até Hj! acesse este www.wix.com/lukinhaa_bxc/MundoDoTerror




olhaa la e vee a qualidade !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...