Zombooka 2

Depois de me deliciar com o Flaming Zombooka 1, chegou o Zombook 2.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Medo.Com

A internet e seus podres profundos. Todos nós sabemos que coisas ruins existem em qualquer lugar. No esporte, no mundo empresarial, na polícia e em qualquer espaço da terra que esteja habitado por humanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Você Sabia?

Nicole Kidman é Dra. Carol Bennel, psiquiatra em Washington, que luta para salvar a vida de seu filho ao descobrir uma invasão de um vírus alienígena.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Atriz brasileira é sucesso em filme americano

A brasileira Fernanda Andrade está despontando nos cinemas americanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

2 de abr de 2010

A Ilha do Medo

A Ilha do Medo (Shutter Island - 2010)
Direção:
Martin Scorsese
Elenco:
Leonardo Di Caprio, Mark Ruffalo, Bem Kingsley, Michelle Willians, Max Von Sydow, Jackie Earle Haley.
Distribuição:
Paramont Pictures


A primeira coisa que você deve saber antes de assistir A Ilha do Medo é: NÃO É UM FILME DE TERROR. Avisado sobre esse detalhe enganador, provocado pelo título mal escolhido para o Brasil, sente-se confortavelmente e acompanhe a estória até o final. A Ilha do Medo é uma adaptação do livro O Paciente 67, de Dennis Lehani e conta o drama de dois agentes federais que investigam o desaparecimento de uma mulher dentro de uma instituição psiquiátrica. 

Mas as investigações mostram que os detetives não estão diante de um simples caso de desaparecimento e sim de algo muito maior do que eles imaginam. Martin Scorsese trabalha todo o filme de forma lenta e progressiva. A cada passo dado pelos detetives Teddy Daniels (Leonardo Di Cáprio) e Chuck Aule (Mark Ruffalo) conseguimos apenas identificar quem pode estar por trás de todo o esquema, mas nunca qual é o esquema.

É certo que Leonardo Di Cáprio interpretando policiais ou personagens durões é como comer pão sem café, custa para descer garganta abaixo. Acontece que ao final do filme, quando a trama é revelada, acabamos por aceitar Di Cáprio no papel, pois realmente conseguimos imaginá-lo como um paciente da instituição, lembrando muito o primeiro filme em que ele fez sucesso, Diário De Um Adolescente (The Basketball Diaries 1995)

Di Cáprio tem muito mais talento para a dramaticidade do que para ação. Para terminar, Scorsese consegue, com apenas um diálogo simples entre os dois policiais, finalizar o filme de forma sensacional. Talvez o melhor título brasileiro seria mesmo O Paciente 67, uma vez que A Ilha do Medo não condiz com a estória em si, onde o pedaço de terra é mero coadjuvante do espetáculo.


PS: A Paramount chegou a divulgar trailers com o nome de Paciente 67, mas voltou atrás.


Trailer A Ilha do Medo

3 comentários:

Ariane disse...

Uai... gostei, vou assistir!

Lorena Cabral disse...

Caaara, a tempos que quero ver esse filme *--*
vou assistir =D
sauihsuausahshiauuia
Beeeijos:*

Lady Vanilla disse...

HAHAHAHA, só agora que eu vi um comentário seu no meu blog, na penúltima postagem que eu fiz antes de me ausentar da blogosfera.

Notícias para você: I'm back!

Então, quando voltar por lá, te entrego a tua coca cola com as batatinhas =D

beijos manauaras pra você =*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...