Zombooka 2

Depois de me deliciar com o Flaming Zombooka 1, chegou o Zombook 2.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Medo.Com

A internet e seus podres profundos. Todos nós sabemos que coisas ruins existem em qualquer lugar. No esporte, no mundo empresarial, na polícia e em qualquer espaço da terra que esteja habitado por humanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Você Sabia?

Nicole Kidman é Dra. Carol Bennel, psiquiatra em Washington, que luta para salvar a vida de seu filho ao descobrir uma invasão de um vírus alienígena.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Atriz brasileira é sucesso em filme americano

A brasileira Fernanda Andrade está despontando nos cinemas americanos.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

19 de nov de 2009

A Maldição

A Maldição (An American Haunting - 2005) 
Direção: Courtney Solomon
Elenco:Donald Sutherland, Sissy Spacek, James D´arcy, Rachel Hurd-Wood
Sinopse: Uma família é atormentada por um espírito malígno no século 19, deixando todos apavorados, principalmente a garota, alvo principal da entidade demoníaca.
Distribuidora no Brasil: Califórnia Filmes
Download: A Maldição



No século 19, em 1820, uma família do Tenesse tem a vida completamente modificada depois que um espírito começa a atazanar a casa onde moram. A principal vítima dos ataques é a filha do casal, Betsy. A Maldição tem dois nomes de peso no elenco: Donald Sutherland e Sissy Spacek, velhos conhecidos do cinema mundial. Para os mais novos, Donald é pai de Kiefer Sutherland, o Jack Bauer, da série 24 Horas. Sissy é a famosa Carrie, do clássico Carrie - A Estranha.

Apesar de ter dois excelentes atores, senti que faltou um pouco mais do roteiro para explorar a qualidade dos dois veteranos. Chega a ser um desperdício ter Donald e Sissy sem um bom roteiro para seus respectivos personagens. Sendo assim, A Maldição é apenas um filme normal, que poderia ser muito melhor. 

Tem poucas cenas que se destacam, como quando o espírito procura a menina pela casa e não a encontra, saindo afoito pela floresta em busca da bonitinha Betsy. O diálogo entre o professor cético, tentando explicar os fenômenos ocorridos na casa, e os que acreditam na presença sobrenatural também é bacana. O final também ficou legal, fugindo um pouco do clichê dos vários filmes que temos por aí, quando geralmente a criatura/espírito/bicho feio dá um susto final no expectador, entrando os créditos finais logo em seguida. 


No mais, A Maldição passa batido. Tão batido que só depois que o filme acabou que eu lembrei que já tinha assistido no cinema, três anos atrás.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...